Representante da OSCE preocupada com a situação dos jornalistas na Rússia

A Representante para a Liberdade dos Meios de Comunicação da OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa) manifestou preocupação com a “detenção indiscriminada” de jornalistas na última semana em Moscou e com os ciberataques que aconteceram recentemente nos sites de mídia independente da Rússia.

Dunja Mijatovic disse em comunicado que “o que aconteceu nos últimos dias deve ser cuidadosamente investigado e sanções devem ser tomadas contra os policiais que violaram os direitos dos jornalistas”.

Os relatórios da OSCE informaram que a polícia deteve dezenas de repórteres que cobriam manifestações de rua em Moscou esta semana.

No último domingo (6), os sites do jornal Kommersant, da revista Bolshoi Gorod, da estação de rádio Ekho Moskvy, do canal de TV Dozhd e do serviço de notícias on-line slon.ru ficaram temporariamente fora do ar. Todas estas mídias são críticas a Vladimir Putin e estavam cobrindo ao vivo os protestos contra a posse do “novo” presidente.

About these ads
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s