Eleições presidenciais na Rússia começam com inúmeros casos de fraude

Apesar da instalação de câmeras em todo o país, a tecnologia não será suficiente para garantir a transparência nas eleições presidencias deste domingo na Rússia.

Esta manhã, em uma das seções eleitorais de Moscou, observadores encontraram em uma lista de eleitores a curiosa frase, escrita com lápis: “Ele/Ela não vem”. Isso não é novo na Rússia. Nas eleições legislativas de dezembro, um amigo meu foi votar no período da tarde e qual não foi a sua surpresa ao perceber que já tinha votado…

Como fazem aqui na Rússia? Simples. Meu amigo estava morando no exterior há quase seis anos e aquela seria a sua primeira vez votando. O presidente da seção, imaginando que ele não compareceria, autorizou que “alguém” votasse por ele. “A Rússia está tão avançada que criou um novo método de votação – o governa vota enquanto você está dormindo. Isso é uma inovação”, ironizou meu amigo. Havia uma assinatura ao lado do seu nome e ele não pode pôde fazer nada já que não tinha como provar que aquele voto era uma fraude.

Histórias como essa se repetiram por todo o país e as eleições presidenciais deste domingo não estarão imunes a falsificações.

Putin deve vencer no primeiro turno com 60% dos votos.

Lista de eleitores com a frase "Ele/Ela não vem"

Esse post foi publicado em Política, Uncategorized e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s