Ativista do Femen tenta ficar nua em programa da Al Jazeera

E para aqueles que amam ou odeiam o grupo Femen, hoje teve um programa na Al Jazeera falando sobre o feminismo e, obviamente, convidaram o polêmico movimento ucraniano.

O ponto alto do “debate” (matem-me, feminstas) foi o momento em que a Inna Shevchenko, líder do Femen convidada para o programa, decidiu tirar sua camiseta ao vivo, no meio da entrevista. Ela estava explicando por que acredita que “melhor nua do que com burka”… e surpresa! Os editores da TV foram rápidos e tiraram a imagem antes de que pudéssemos ver um pouco mais da conta (bem, todos nós já vimos o suficiente, provavelmente).

O programa contou com a participação de telespectadores, que enviaram vídeos compartilhando o seu ponto de vista a respeito do grupo Femen.

Uma das participantes disse que o problema do Femen é a falta de um objetivo claro, citando ainda os exemplos dos grupos Pussy Riot e Voina, “que também são provocativos, mas usam a nudez com uma ideia concreta”.

Do Brasil, a ativista Leticia Oliveira (@bicicreta) comentou que Femen não é feminismo. “Sexextremismo ou newfeminism é apenas uma nova forma de sexismo”.

Uma outra participante disse que não entende como um grupo de mulheres de uma parte do mundo pode querer ditar o que as mulheres de uma cultura diferente devem vestir ou não.

Confiram o programa:

(momento Inna no minuto 26)

Esse post foi publicado em Política, Sociedade e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s