Vladimir Putin destitui ministro da Defesa por corrupção

Com informações da Agência EFE

O presidente russo Vladimir Putin demitiu nesta terça-feira (6) o ministro da Defesa, Anatoli Serdyukov, por um escândalo de corrupção, e nomeou para o cargo Sergei Shoigu, um dos governadores da região de Moscou.

A demissão tem como objetivo “criar as condições para uma investigação objetiva de todos os assuntos, dada a situação que se desenvolveu em torno do Ministério”, segundo o comunicado oficial do portal-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Atualmente, está aberta a investigação de uma suposta fraude com bens do Ministério da Defesa em valor que chegaria a 3 bilhões de rublos (R$ 200 milhões), na qual estaria envolvida a empresa Oboronservice, dependente dessa pasta.

De acordo com a investigação, essa companhia era utilizada para vender patrimônio do Ministério da Defesa, bens imobiliários e ações a preços abaixo dos praticados pelo mercado.

Serdyukov, genro do ex-primeiro-ministro Viktor Zubkov, foi nomeado ministro da Defesa em 15 de fevereiro 2007 e se tornou o primeiro civil a assumir a chefia deste ministério.

O escândalo de corrupção teve um grande impacto sobre a sociedade e vários oficiais foram demitidos e processados. “Nos últimos anos, temos trabalhado muito para o desenvolvimento das forças armadas, para lidar com problemas sociais, incluindo o problema de habitação para os militares”, disse Putin. O presidente russo reiterou que o novo ministro da Defesa “deve ser uma pessoa que possa  dar continuidades aos avanços feitos para o desenvolvimento dinâmico das forças armadas do país e com os planos grandiosos que precisam ser cumpridos para a modernização do Exército “, disse ele.

Dmitri Peskov informou a repórteres que a decisão de demitir foi tomada pessoalmente por Vladimir Putin, mas enfatizou que o seu substituto, Shoigu, foi nomeado por recomendação do primeiro-ministro, Dmitri Medvedev.

Sergei Shoigu, 57, serviu como ministro de Emergência, entre 1994 e 2012. Em maio de 2012, foi nomeado governador da região de Moscou.

Putin e novo ministro de Defesa, Sergei Shoigu, em encontro no início de outubro

Esse post foi publicado em Política e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s