Temperaturas abaixo de 43 graus negativos são esperadas na Sibéria e no Extremo Oriente

A onda de frio histórica que atinge a Rússia é a mais intensa registrada em um mês de dezembro desde 1938. O frio já matou mais de 30 pessoas no país, somente em uma semana, e a previsão aponta para mais neve e temperaturas chegando aos 50 graus negativos em algumas regiões!!!!

Em Moscou, a temperatura caiu de -2°C para -12°C na última quinta-feira e esta semana os termômetros marcaram em média -17°C durante todo o dia.

No território da Kamchatka e na região de Magadan, espera-se para esta quinta-feira (20/12) precipitação na forma de neve úmida, tempestade de neve e vento de até 90 km/h.

Casa

Céu azul e 20 graus negativos no caminho pra casa – Moscou

Apenas nas últimas 48 horas, com o anticiclone (zona de alta pressão atmosférica, com muitos ventos) sobre grande parte da Rússia, 102 pessoas foram hospitalizadas.

O maior número de mortes aconteceu na região de Tcheliabinsk, nos Montes Urais, onde 20 pessoas morreram congeladas. As temperaturas em Tcheliabinsk, capital da região, chegaram a 32 graus negativos na madrugada desta quarta (19/12).

Com informações do Opera Mundi e da Ria Novosti

Esse post foi publicado em Sociedade, Turismo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s